Acervo de documentos


História e memória da trajetória político-intelectual de Jorge Amado BR FCJA J/PP.te / C159h por(BR) 2003 (Documento disponível somente on-line)

CALIXTO, Carolina Fernandes. História e memória da trajetória político-intelectual de Jorge Amado. Orientadora: Profª. Dra. Denise Rollemberg. Niterói, 2016. 408 f. Tese(Doutorado em História - Campo de Confluência: História Social)-Departamento de História, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2016.

Os muitos estudos acadêmicos sobre Jorge Amado como romancista e também como intelectual politicamente engajado tenderam a priorizar essa dupla atuação nos anos 1930-1955, quando exerceu militância política no PCB e produziu obras identificadas como “literatura proletária”. Considerando essa realidade, interessamo-nos por investigar a sua trajetória político-intelectual, assim como a memória construída acerca desse percurso, inclusive pelo próprio autor, deslocando o foco da atenção para, especialmente, o período entre 1956 e 1985. A atuação político-intelectual de Jorge nesses anos, iniciado por seu desligamento do Partido e concluído pelo fim do regime militar, esteve marcada por comportamentos ambivalentes, muito longe de posicionamentos políticos rígidos, particularmente, no que diz respeito aos anos de regime militar. Os conceitos de cultura política e zona cinzenta foram essenciais na compreensão desses comportamentos. No que diz respeito à memória acerca desses anos, procuramos identificar as construções sacralizadas expressas no mito, nos lugares de memória, enfim, nas disputas de memória sobre o escritor que nos ajudam a compreender o silêncio acerca de sua atuação entre 1956 e 1985.

RESTAURANTE Gabriela cravo e canela BR FCJA J/R.gc.ap / por(BR) [19--]

RESTAURANTE Gabriela cravo e canela. Ilhéus Revista, Ilhéus, [19--].

.

GABRIELA BR FCJA J/R.gc.ap / por(BR) [19--]

GABRIELA. O ESTADO DE SÃO PAULO, São Paulo, [19--].

.

ILHÉUS, a cidade de Gabriela BR FCJA J/R.gc.ap / por(BR) [19--]

ILHÉUS, a cidade de Gabriela. JORNAL, [S.l.], [19--].

.

[BATACLAN] BR FCJA J/R.gc.ap / por(BR) [197-]

[BATACLAN]. Jornal, [S.l.], [197-].

.

PONTO de venda BR FCJA J/R.gc.ap / por(BR) 1975

PONTO de venda. O Globo, Rio de Janeiro, p. 4, 25 out. 1975.

.

A MODA de faz do cravo e canela.. BR FCJA J/R.gc.ap / por(BR) 1975

A MODA de faz do cravo e canela... O Globo, Rio de Janeiro: [s.n.], p. 29, 7 jun. 1975.

.

GABRIELA agora é baton BR FCJA J/R.gc.ap / por(BR) 1976

GABRIELA agora é baton. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 18 ago. 1976.

.

REINA no ar de Ilhéus, terra de Gabriela, um cheiro de cravo e canela.. BR FCJA J/R.gc.ap / por(BR) 1978

REINA no ar de Ilhéus, terra de Gabriela, um cheiro de cravo e canela... A Tarde, Salvador, 30 abr. 1978. Suplemento. p. 5.

.

RESTAURANTE e pacto BR FCJA J/R.gc.ap / por(BR) 1979

RESTAURANTE e pacto. Jornal do Commércio, Recife, 5 jan. 1979.

.


4915 documentos