Acervo de documentos


A Divisão de Pesquisa e Documentação (DPDOC) reú­ne atualmente três acervos: o Acervo Jorge Amado, que deu origem à Instituição, o Acervo Zélia Gattai que vem sendo aos poucos incorporado ao primeiro e o acervo da própria Fundação, registro e memória dos vinte e cinco anos de funcionamento da Casa.

O Acervo Jorge Amado é composto pela bibliografia do escritor — livros de sua autoria em edições brasilei­ras e portuguesas, e as traduções em 49 idiomas — publicações em periódicos, artigos, letras de música e publicações em coautoria, trabalhos como tradutor e organizador; documentos pessoais, correspondências, originais, certificados, diplomas, condecorações, tro­féus, medalhas e placas recebidas no Brasil e no exte­rior; além de teses, estudos e citações sobre o autor, biografias, adaptações de sua obra para cinema, teatro e televisão, fotografias, filmes, fitas de vídeo, dis­cos, cartazes e outros.

O Acervo Zélia Gattai surgiu como um desdobramento do Acervo Jorge Amado e é composto atualmente por cerca de 30.000 documentos, entre livros de sua auto­ria, traduções, artigos publicados em diversos periódicos, condecorações, diplomas, adaptações, recortes, fitas de vídeo e áudio e, em especial, o seu arquivo fotográfico, estimado em 25.000 negativos.

O acervo fotográfico Zélia Gattai, além de ser uma fonte inesgotável para os estudiosos da obra amadiana, retrata meio século de história cul­tural e política, destacando personalidades que mar­caram uma época no Brasil e no mundo. Esse arquivo, de valor incalculável, fruto de uma percepção pri­vilegiada e de uma sensibilidade sempre pronta a cap­tar o flagrante em toda sua importância — tanto nos acontecimentos públicos, quanto nos momentos de descontração familiar — é um verdadeiro roteiro, uma foto biografia de Jorge Amado construída ao longo de 50 anos de vida em comum. Doado à Fundação Casa de Jorge Amado em 1991, o arquivo fotográfico de Zélia Gattai vem sendo tratado e organizado tecnicamente desde 1992.

Iniciado a partir de 1986, o acervo da Fundação Casa de Jorge Amado tem como objetivo a guarda da me­mória da Instituição desde as primeiras noticias so­bre a criação da Casa, eventos, convênios, a coleção completa da revista Exu e dos livros editados pela Co­leção Casa de Palavras, além de material para divulgação institucional. Compreende ainda a coleção de li­vros relacionados com a sua memória, além de foto­grafias, recortes de jornais e revistas, negativos, filmes, documentários e cartazes.

Conheça a relação de manuscritos, livros, artigos e discursos de Jorge Amado que compõem o acervo da Fundação clicando aqui.

Notícias